quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Sloth vibes

Ainda não me decidi se pareço o Sloth ou o Quasímodo. Provavelmente uma mistura dos dois, o que não é nenhum pouco lisonjeiro. Hoje acordei, me olhei no espelho e chorei, de novo. É eu sei, eu tenho 30 anos na fuça, devia ser mais forte, bla bla bla. Mas, vou repetir: Sloth ou Quasímodo. Você também choraria, eu garanto. Chorar dói ainda mais o olho, mas é inevitável, ainda mais quando eu vi que o olho direito, que estava saudável, agora também está infectado. Chorava enquanto falava com meu namorado ao telefone: "Vou ficar cegaaaa, eu tenho medo de ficar cegaaaaa". Aí minha amiga/irmã me ligou e eu dizia, também chorando: "Tenho muito medo de ficar cegaaa, vou ficar cegaaa". É patético, mais patético ainda eu contar isso aqui, mas acho que quando eu estiver saudável novamente vou rir desse post, então vou escrevê-lo mesmo assim. Em nome de minha diversão daqui algum tempo.

Bem, eu não vou ficar cega. Todos já sabiam disso, é claro, mas, vejam bem: quando eu era criança e comecei a apresentar miopia/astigmatismo/etc, uma médica uma vez me disse: "temos que cuidar desses olhos, seria muito triste que olhos tão bonitos perdessem a visão, não é mesmo?". Pronto, estava aí instalada uma de minhas primeiras neuroses: a de que eu ficaria cega. Tem como me culpar? Claro que não, sou inocente, a culpa é toda da médica de minha infância. Pois bem, hoje voltei à oftalmologista, que é uma japonesa brava, a quem chamarei de Dra. Kamikase. Dra. Kamikase ficou alguns segundos me olhando fixamente esperando pela minha risada, que nunca veio, quando eu disse que tinha medo de ficar cega. Acho que ela realmente pensou que era uma brincadeira. Minha mãe, que estava comigo, morreu de vergonha. Agora era só o que me faltava: eu não poder falar pra minha médica meu medo relacionado à especialidade dela. Falo mesmo. Pelo menos ela me acalmou, garantindo que depois da conjuntivite viral podem haver sequelas, mas a cegueira certamente não é uma delas.

UFA.

Nem consigo expressar meu alívio, jemt. Só não abracei a Dra. Kamikase porque, antes, ela resolveu examinar minha pálpebra superior, a MAIS inchada, e virou a bichinha do lado avesso. As lágrimas de dor pulavam dos meus olhos. Saí da médica com minha mãe me amparando, acho que ela pensa que não estou enxerga do nada mesmo, e eu vi que as pessoas na rua passam por mim e ficam me encarando de uma maneira um pouco desagradável.

TÔ FEIA MESMO, VALHEU?

E, depois de saber que provavelmente terei mais UMA SEMANA enfiada dentro de casa e que nem meu namorado eu poderei ver nesse fim-de-semana, eu quero mais é que a Pollyana que eu mencionei no texto de ontem vá pros quintos dos infernos.

Boa noite.

4 comentários:

Caroline disse...

hm, ficar doente é um saco! e eu entendo demais prq tenho 20 anos e fiquei de mimimi por rancar 2 dentes! hehehe... mas desejo que essas melhoras venham o mais rápido possivel e que logo logo vc ria desse post como disse que faria. boa recuperação! abraços! (ps: leio seu blog ha um tempo ja, seus textos sao muito bacanas! e as aulas de dança?)

Srta.T disse...

E foto, quando teremos?

Mas gacta, super te entendo. Ano passado tive aquela caxumba e fiquei parecendo o Rocky, do "Marcas do destino". Aí esse ano tive aquele "travamento" na cervical e fiquei usando um colar lindo, parecendo uma daquelas tailandesas (?) esquisitas, só que albina. Se a gente tivesse ficado doente na mesma época podíamos ter descolado um bico assustando criança em festa, né?

Beijo e melhoras!

Aline disse...

Já tive conjuntivite, peguei do lápis de olho da minhã irmã, é claro que eu não sabia que ela iria ter conjuntivite... enfim, acabou passando pro outro olho depois de alguns dias. Um saco. Fica saindo umas gosmas nojentas...blé. Não era viral.
O pior não foi isso. O pior é que eu tinha comprado minhas primeiras lentes de contato (sou míope) com o primeiro salário do primeiro emprego (onde ganhava muito mal e fiquei 2 meses pq era muito humilhante). Tive que colocar no lixo. Não cheguei a usar a lente por 1 mês inteiro....aquilo sim foi péssimo.

Rê :) disse...

Bah mas que loca te dizer isso quando pequena. Eu ficaria traumatizada, qualquer coisa iria achar q estou ficando cega ou que tenho tendencia p/ "ceguismo".
Cada uma!