quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Eu penso em mil posts durante o dia. Mas esqueço de todos. Twitter sendo atualizado dicunforça, mas me dá preguiça de logar aqui, pensar em texto, publicar, blablabla. A vida continua a mesma correria e minha maior novidade é que dançarei salsa na apresentação de final de ano da escola de dança. Sim, eu vou participar da apresentação. Estou me sentindo adolescente que faz apresentação de jazz, mas eu nunca fiz jazz e na minha adolescência eu choraria se me colocassem num palco. Mas eu sempre gostei de dançar e, mesmo com pânico de palco, eu secretamente achava o máximo aquele frisson todo de apresentação que via minhas amigas passarem. Bem, realizarei meu sonho adolescente em dezembro rebolando ao som de salsa - que é um dos meus estilos musicais favoritos. Não sei quem será meu par porque os professores é que definem isso. Estou com certo receio de ser algum perna-de-pau, mas enfim, pra tudo se dá um jeito na vida. Fora isso eu gostaria que os dias tivessem mais horas e os fins-de-semana mais de dois dias porque, sinceramente, não dou "conto" de tudo não.

4 comentários:

Paulo Tiago disse...

Isso de pensar em milhões de posts é engraçado, só me veio depois do blog. Às vezes tinha impulsos pra escrever, mas... morriam. Agora eu anoto tudo no celular, pelo menos. E não escrevo nem metade, é claro. haha

Mas, se tivéssemos mais... sei lá, 6 horas por dia pra vivermos no Unibanco, acredito piamente que não ia escrever nada a mais, porque eu ia dormir ou enrolar mais, fato.

Patricia Scarpin disse...

Eu comecei a carregar uma cadernetinha bem pequena e quando as idéias chegam corro anotar.
Boa sorte com o par - vou torcer pra ser um gatinho. ;)

Klein - http://lixomania.zip.net disse...

Você vai fazer par com o Cheek-to-cheek. Confio no senso de humor do seu professor... (isso me fez lembrar a primeira vez que subi num palco de verdade pra tocar... é TÃO legal...)

Srta.T disse...

Menine, dá um frio na barriga, mas é gostoso... certeza que vc vai se sair bem! E se for aberto ao público, dá um toque? Eu adouro dança!

Aliás, agora fiquei aqui pensando se o frio na barriga que eu sentia não era por causa da (ausência de) roupa...