quinta-feira, 3 de julho de 2008

Gordinha

Certeza que até eu conseguir preencher todos os meus horários com alunos, eu estarei rolando. Certeza. Porque no momento eu preencho meus horários com comida. Eu cozinho.Eu planejo receitas. Minha mãe tá até assustada, porque há anos eu não tinha esse furor culinário. Outro dia eu fritei bacon e depois fritei polenta na gordura do bacon. Dos deuses, pessoal. Mas me sinto culpada, porque é dos deuses da gordura. Depois fiz o arroz doce que queimou, mas mesmo assim eu comi. Só que mamãe está compadecida de meu desemprego e resolveu fazer mais arroz doce. Que eu, obviamente, como à tarde, é meu lanchinho. Anteontem comprei carne e fiz um mega blaster bife acebolado, arroz e legumes. Ontem cortei os bifes restantes e fiz um strogonoff - eu não sigo muito receita, faço muita coisa de cabeça mesmo. Leio a receita pra ter uma idéia de como se faz e aí faço meio de olho - mas, apesar da falta de receita, ele ficou tão bom que eu achei até ruim: meu irmão devorou o que sobrou com tamanha voracidade que não sobrou nenhum filete de carne para eu requentar hoje. Hoje à noite minhas amigas querem ir ao Tollocos comer uma comidinha mexicana genérica, mas à tarde eu vou aproveitar as duas pêras perdidas na geladeira e cozinhá-las no vinho - pra comer com o creme de leite que sobrou do strogonoff. E amanhã tenho uma reunião com duas amigas, à tarde, para falarmos sobre aulas. Tô pensando em levar um bolo de chocolate que já é assado com a cobertura de brigadeiro - receita de Renata. Tenho até evitado entrar no maravilhoso Technicolor Kitchen porque as receitas que a Patrícia faz são absolutamente tentadoras. Quero fazer tudo!

Preciso de um emprego antes que minha barriga cresça a olhos vistos. Sério, jemt.

(E meus planos de arrumação? Eu fico pensando: vou arrumar minhas papeladas e meu armário. Mas eu divido os dias, né. Porque se eu arrumar tudo num dia só, e eu bem consigo isso porque ando numa disposição sem precedentes, o que terei pra fazer no dia seguinte? Sério, eu comecei a pensar em lixar a mesa de jantar que está feia, pintar paredes,socorro! Tudo porque eu realmente me recuso a ter tempo livre e ficar o dia inteirinho na internet, faz mal, eu fico com dor de cabeça. Enfim.Mais um pouco e vou poder começar a vender meus serviços de dona-de-casa. Faxineira de luxo, falo Inglês, entendo Francês e Espanhol e sei escrever. A patroa sempre vai entender meus bilhetes. Quem sabe, né. Temos que diversificar)

4 comentários:

Patricia Scarpin disse...

Minha professora de Lingüística dizia que até os bilhetes de geladeira merecem revisão. De repente, você consegue um emprego na casa dela. ;)

Não me fale em barriga crescendo, nem em banhas, please? Tá tudo sobrando aqui, menina.

Srta.T disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Renata disse...

aquele bolo com cobertura é muito do mal! mais cruel do que ele, só um brigadeirão. comi um sozinha essa semana.

vamos brincar de ver quem fica mais gorda?

nhoca disse...

Oh my god! Parece eu quando tava fazendo mestrado e fiquei 5 meses sentada em casa escrevendo minha tese (eu engordei uns 5 kg!)!!! Tá, tudo bem que eu continuava recebendo bolsa do CNPcú, mas engordei horrores! Guria, shake it off e vai a luta! Como diria meu marido, força e honra! bj!