quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Aquela coisa de família

Tem horas em que é difícil ser uma das ovelhas negras da família (a outra é o meu irmão - não me perguntem como o útero de minha mãe produziu duas ovelhas negras, o fato é que eu e meu irmão estamos aí, né. Cada um do seu jeito, polemizando há anos). Às vezes eu sonho com uma reunião familiar em que todos os podres virão à tona e eu poderei dar uma de louca falando "você acha que eu fui ruim????????? Eu sempre protegi a minha mãe e você acha que fui ruim??????? Vou te contar o que é ser ruim!". E aí pronto, SHIT ON THE FAN NERVOSO.

Sério que esse é um dos meus sonhos. Que teria consequências catastróficas, e, portanto, talvez seja melhor que ele permaneça sendo sonho mesmo.

Eu detesto essa postura geral de "nada aconteceu, nada está acontecendo, vamos seguir com nossa vidinha religiosa de ajudar os outros e esquecer quem faz parte da família". Eu NÃO aceito que seja pregado o perdão a torto e a direito, que haja esse discurso de "não devemos julgar", mas que isso seja válido somente para quem é de fora.

Aí as pessoas acham que eu sou boba e não percebo as alfinetadas que me dão quando falam isso ou aquilo. Se tem uma coisa que eu não sou é boba, principalmente no quesito "perceber alfinetadas". Anos de experiência, meu povo. Percebo a menor inflexão de voz. Sei muito bem que "fico TÃO FELIZ que você tenha encontrado um homem tão legal" ou "QUE BOM que ESSE é pra valer" significam muito mais coisas do que simplesmente felicidade por mim. Sei muito bem de tudo.

Mas há salvação. Nem todos os meus tios são problemáticos, nem todas as minhas tias são mesquinhas.

Ufa, desabafei.

3 comentários:

Mandy disse...

oh doce Camila, a vida é sempre complicada, pricipalmente falando de familia. Eu tenho problemas com os tios q se acham mais importantes que seus proprios pais, que acham que tem a obrigação de jogar na sua cara que oq vc tem que fazer é oq eles acham que é o melhor pra vc, segundo os paramentros deles!

complicado, e seu sonho às vezes é o meu também. Virar e falar "aqui, vc ta falando isso de mim, mas quem é assim, e faz isso é vc!"; Ai o sonho acaba, e tudo continua igual =/

Vanessa disse...

Concordo contigo. Aqui também é assim.

Sisi disse...

Ola Chu?

Voce nao me conhece mais te achei num blog depois de uma pesquisa para encontrar (ex-) professores da Berlitz.
Acabei de voltar de Londres apos 10 anos e por motivos pessoais estarei em SP por um tempo, entao comecei esta semana um treinamento na Berlitz.
Queria trocar ideias se vcs tiver interesse e claro?
Meu email e vgconesa@hotmail.com

Thinks thats all for now,

Cheers

Vanessa