quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Tá difícil ser criativa

Quando decidi fazer o CELTA eu pensei "agora é a hora, uhu, vamos lá, melhor agora que ano que vem". Claro, pra que postergar? Mas eu não contava que me mudar de casa, de vida, me casar, ocuparia tanto o meu tempo. Eu tenho que dar uma aula amanhã. Cada aula dada no CELTA envolve o preenchimento de uns quatro formulários mais plano de aula detalhado. Um dos formulários é de análise de linguagem. É chato. Eu já comentei com meu professor que é chato e que eu acho que é uma burocracia exagerada. Além dele quase me engolir com os olhos ele tentou justificar dizendo que é importante, que é necessário, porque "oh my God, what if there's someone who really doesn't KNOW Grammar rules?". Eu quase ri, porque eu sei que tem gente lá que não sabe. E sei que não reprovarão ninguém. Então fico achando um cu de burro essa história de ter formulários e etc, sendo que, no final, what's the point? Claro, isso serve para mim, mas vou contar uma coisa: eu não queria ter que dar aulas nesse curso. Eu só queria assistir aulas. Eu adoro assistir aulas e essa parte do curso eu amo. Mas dar aula, jemt? Faço isso todos os dias. Já sou avaliada pelos meus alunos. Dar aulas no curso é ter uma comissão avaliadora sempre. Colegas e professores assistem todas as aulas e te dão feedback. Muitas pessoas são legais e não metem o pau, mas um ou outro dá vontade de dar pescotapa. Na semana em que eu estava louca (estava, hein, como sou otimista) por conta do aluguel que não saía, minha homônima criminosa e afins, eu tive que dar aula. Sobre present perfect. The horror, the horror. Eu nem sei como consegui, mas sei que meu plano de aula incluía até plano de lousa. Não saiu como eu planejei, mas deu tudo certo e até meu professor foi fofo e elogiou - ele sabia de minha situação complicada, mas o dinamarquês não alivia a de ninguém não. Aí vem um zé bedeu que está sempre viajando nas aulas e começa a meter o pau no que eu tinha feito. Meu professor me defendeu, eu me defendi como pude, mas o babaca foi desagradável com todos do meu grupo. Meu cu de azul com glitter pra ele, né. Todo mundo ali está no mesmo barco. Eu falo da professora que fala errado aqui, mas nunca cheguei nem perto de ser indelicada com ela. Aí vem nêgo do nada querendo tirar onda de professorzão? Tá bom então.

Hoje eu tenho que preparar a aula de amanhã e estou aqui, escrevendo. Está impossível ter qualquer criatividade. Eu quero só jantar, assistir seriado, dormir na minha cama nova. Quero usar minha criatividade pra decorar minha casa, sabem? Hoje vi uma ideia ótima de cabeceira de cama com porta, gente, genial. Fui pra Teodoro Sampaio pesquisar porta. Voltei pra casa com uma fruteira, colheres de pau, meio queijo meia--cura, pregadores, saleiro e muitos tapoés. Vocês acham que tem condição d'eu preencher formulário hoje? Tô quase pedindo licença lua-de-mel lá no curso. Aí vão perguntar "Mas Camila, onde você passará sua lua-de-mel?", no que responderei: "Nas lojas de 1,99 da Teodoro Sampaio e na Leroy Merlin, qq6achao??".

Será que escolhi a hora errada pra voltar a estudar?

E nem posso pensar em desistir.

Só um adendo: amanhã começo a ser avaliada pela professora cuja alcunha é Dolores Umbridge. *ironia mode on* Vai dar certo! *ironia mode off*

Outro adendo: moro literalmente ao lado de uma escola de dança de salão. E a tortura que é trabalhar e estudar ouvindo a aula de samba rock?

Grandes dilemas.

2 comentários:

simone disse...

quando um infeliz desses começa a falar eu imagino kermit the frog no lugar da pessoa e ai o problema é nao rir...
mas pensa que logo acaba! noa é aula ate o fim do ano? tem um mes e meio de aula ai ainda, umas 6, 7 semanas.... :) se pensar assim e for riscando fica mais facil!!!
semana que vem to ai e vou pro swu. como o leandro vai trabalhar segunda, eu vou ficar de bobeira segunda e terça.. se vc nao estiver morta, aceita uma companhia na teodoro? hahahahaha

boa sorte ai! ;)

Fabiane Ariello disse...

E aí, deu tudo certo? Espero que sim! :)