terça-feira, 5 de outubro de 2010

Curtas

- Deu tudo certo na aula de sexta-feira. Dolores Umbridge foi bondosa em sua avaliação. Mas essa semana tenho que entregar um relatório bizarro sobre os alunos. Eu comecei a fazê-lo? Claro que não.

- A maluca do curso está cada dia mais maluca. Eu estou começando a ficar com um pouco de medo dela, de verdade. Porque acho que ela é doida de doida, não doida de chata. Agora ela resolveu que vai amar as pessoas como se não houvesse amanhã - porque ela sabe que a batata dela está assando - ela é rude com geral, incluindo os professores. No meu mundo, se você depende dos professores para receber um certificado de um curso caro e que te dá o maior trabalho, você não vai arrumar confusão à toa com professores. Ela arruma. Mas agora ela quer ser miguxa de todos, pra tentar tirar a batata do forno. É pior. Gente, ela tentando ser normal é muito pior que ela louca. Quando ela tenta ser normal ela solta gargalhadas à toa, no meio da aula. JURO.

- Estou louca, alucinada e criança com a nova temporada de Dexter. Passando mal. Porque Dexter está perdido. Sozinho e com crianças para cuidar. E ele ama as crianças, mas sente aquela necessidade básica de ser serial killer. Sério, é o melhor seriado que eu assisto atualmente!

- Gostaria muito que as eleições já tivessem passado. Porque aturar a boca de urna via internet no primeiro turno foi difícil, agora está muito pior. Sério que os eleitores da Dilma a defendem com unhas e dentes? Sério que os eleitores do Serra o defendem com unhas e dentes? Eu acho isso tão ingênuo. Mas é uma ingenuidade que me irrita profundamente. Mesmo porque não tem como dialogar com essas pessoas. Olha, só digo que quem acredita que Dilma é boa e Serra é mau e vice-versa precisa sair do Fantástico Mundo de Bobby e voltar pra realidade, onde a vida não é maniqueísta desse jeito e onde todo mundo faz merda. Até o Lula fez merda. Então vamos aquietar a periquita? E parar de achar que é muito mais inteligente por que vota na Dilma? Ou parar de achar que é muito mais politizado por que é contra o PT? Fico pra morrer quando leio essas panfletagens no twitter. Fico pra morrer quando vejo que as pessoas realmente se acham melhores e mais esclarecidas por votarem nesse ou naquele candidato. Chá de realidade ninguém quer tomar não?

3 comentários:

Simone disse...

Engraçado é que nessas discussões todo mundo quer mostrar que é militante desde criancinha...

ai cansei, quero falar de maquiagem, de seriado, de férias, de comida, menos de politica.

Kel disse...

Política cansa mesmo, o que parece que o povo não entende é que no final não vai fazer lá muita diferença. Não é pessimismo, é realidade. Seus impostos vão continuar crescendo, seu salário vai ficar na mesma... Sem contar que nessa eleição o voto não ta sendo para esse ou aquele candidato e sim CONTRA esse ou aquele candidato.

To com Simone, bora falar de futilidades que a gnt ganha mais!

fl disse...

Querida Chu, sempre me impressiono com sua lucidez, apesar de sua juventude - e em qualquer assunto ou situação de vida, como agora em relação à política. Essa campanha tá mesmo um saco (e olha que eu adoro política, sei de sua importância), não está se discutindo as coisas essenciais. Perda de tempo e oportunidade pro país. Só acho que, além de futilidades (por que não?), como disse a moça aí em cima, bons livros (*) e filmes também ajudam (e montar casa nova, né?). Bjo!

(*) acabei de ler um conto sensacional do Road Dahl que, tenho certeza, vc iria gostar muito (se ainda não leu), Catei o original pra vc na web. O link é esse: http://www.miguelmllop.com/stories/stories/thewayuptoheaven.pdf