sábado, 16 de junho de 2007

Talvez haja justiça...

A não ser que haja dois tarados agindo na região onde eu moro, o doente que me seguiu foi preso. Aparentemente, além de seguir, falar obscenidades e bater punheta na frente de mulheres, ele também estuprava algumas. E foi uma vítima que o denunciou - uma mulher muito corajosa, além de ter tido a coragem de fugir do nojento, teve a coragem de ir à delegacia. Segundo minha vizinha, que viu a notícia na TV, ele mora num prédio de classe média alta, é casado e tem uma filha de 6 anos. Andava pela região à noite, com roupa de ginástica, porque provavelmente era essa a desculpa que dava pra esposa. Nos dias em que violentava as mulheres, ele estava de carro, o carro do pai.

Pode ser que não tenham prendido o mesmo cara que me seguiu, ainda que eu prefira acreditar que sim - não é lá muito reconfortante pensar que a região onde moro possa ter dois maníacos sexuais. De acordo com o que a minha vizinha disse a respeito da roupa do filho-da-puta e do que contaram algumas vítimas que foram prestar depoimentos (ele estuprou, com certeza, mais de 3 mulheres), é mesmo o senhor-ato-obsceno. É inevitável pensar "dos males o menor" - eu não sofri nenhum tipo de violência física, graças aos céus. Pensei na revolta e alívio que as mulheres que foram abusadas sexualmente devem ter sentido. E no quanto um fucked up desses tem que sofrer. E muito.

10 comentários:

1worklover disse...

Eu lembro do caso, foi o 1º post seu q li. Boa notícia, fico feliz q esse desgraçado tenha sido desmascarado - embora não seguro de q a Justiça q deveria ser feita o será (conhecendo bem como ela funciona aqui no Brasil).

fl disse...

Li hoje o post anterior. Pela descrição da vítima de agora, deve ser o mesmo fdp sim. Tomara que seja feita justiça, ainda que nunca o seja na proporção do mal causado.

lilla disse...

esse tá literalmente fodido. acho é pouco.

sabrina disse...

Ai, que coisa horrorosa!!!

hunnybunny disse...

esse marombeiro vai ter o troco. mesmo que nao tenha sido o mesmo, mas vai sofrer um tantão. mesmo antes de ser solto.

Margot disse...

Todo o tanto que ele sofrer ainda é pouco.

*revolta*

Suzana disse...

Assino embaixo da margot. Todo o sofrimento é pouco pro féladaputa escroto.

Thera Vector disse...

E quem disse que boas notícias não acontecem né? Taí uma!

Ainda bem que o miseravi saiu de circulação!

Klein disse...

* abracinhos *

Espero que vc esteja aliviada... de verdade!

dimi disse...

Oi Cam! Justiça finalmente. Fica bem. Bjoos