segunda-feira, 3 de março de 2008

Voltando a amar Gael

Eu precisava ver uma entrevista com Gael pra relembrar como ele é realmente tudo aquilo que nós mulheres achamos dele. Andava encantada com Matt Damon (com toda a razão, é claro), na semana passada fiquei encantadíssima com a entrevista do Ben Affleck e sua participação no clipe "I'm fucking Ben Affleck", mas estava deixando meu muso maior um pouco de lado. Tudo culpa do Hector Babenco que o colocou no papel de um banana. Também tudo culpa de seu talento, que interpretou um banana com maestria. Mas enfim, eu queria algo que reacendesse a chama da paixão por Gael - porque ele é o tipo de homem que merece o posto de muso. E merece honrarias. Ele é baixinho, eu sei (que não me venha um conterrâneo dele me dizer isso e aquilo a respeito da altura do rapaz). Mas ah, que se dane minha preferência por homens mais altos! Gael, te quiero para siempre.




São 4 vídeos no total. Vale a pena ver. Ele comenta "Amores Brutos", "E tua mãe também", "Má educação", "Diários de Motocicleta" e "The king". Fala de Alfonso Cuarón, da preparação para o papel de Che Guevara, da direção de Pedro Almodóvar. E sim, ele é fofo. No final tece mil elogios à maneira como a entrevista foi feita. Nhóim! Sem contar aquele sotaque, né?! Morro mil vezes.

8 comentários:

bjomeliga disse...

*Suspiros*

Sabe aquilo que a gente conversou outro dia sobre o amor da sua vida e largar tudo para segui-lo não sei até onde (por causa do filme que a gente viu - bem , eu dormi um pouco - onde Matt Damon was almost fucking himself)?

Então, se fosse o Gael eu até ia ó.

*Mais suspiros*

Paulo Tiago disse...

E a atuação dele em "Babel", hein? Fofo? Fofo? Que nada!

Mas ele é baixinho mesmo... e tem cara de cachaceiro. hahaha

(não vi a entrevista ainda, e não é inveja)

Oscarinho disse...

Pois é, o bicho é baixinho e é por isso que eu prefiro as cabritas

Felipe disse...

se o FDP não tivesse pego a natalie, não respeitaria...

e atualiza essa coisa. valeu? :-)

Chu disse...

Honey, seus standards estão muito altos. "Só" pelo Gael você iria? Básico, não?! Hahaha!

Paulo, eu quis dizer que ele é fofo, não as atuações dele. Em Babel ele faz o papel de um mexicano bem eshshshcroto, chorei muito naquela parte das crianças perdidas no deserto. Bom, na verdade eu chorei no filme todo, mas isso é outra história.

Oscar, mesmo porque as cabritas têm seios que alimentam os seus descendentes. Acho importante.

Fe, que casal mais bonito, né?! E eu fiquei doente esses dias, aí perco a vontade de escrever. Uma hora eu atualizo, BOSS. ¬¬

Chu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angélica disse...

aproveita e NÃO VEJA THE KING.

=P

ó, o blog da diablo cody fica no my space dela: http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendid=301249153. ela é uma ganhadora do oscar e deve estar super ocupada, mas o blog dela é bem mais ativo q o meu, uma mera mortal. SHAME ON ME!

besitos!

Chu disse...

Gé, ok, não verei "The King". Vc é a conhecedora de cinema, confio em sua recomendação/aviso. E já favoritei a Diablo. Ela é desbocada, né? Adoro!

Beijos