segunda-feira, 31 de março de 2008

¬¬

eu.odeio.a.claro.com.br

- Por favor eu preciso de uma informação simples: existe algum dígito extra que preciso acrescentar pra enviar torpedos internacionais?
- Para sua segurança sua ligação será gravada. O número de protocolo será gerado e a senhora deve anotá-lo. Caso a Claro não entre em contato em x dias, a senhora deve ligar novamente.

Pensei que eu não tivesse deixado claro que queria apenas uma informação. Eu não estava reclamando e nem precisava de protocolos. Só queria enviar um torpedo para um celular do Chipre e receber torpedos desse número do Chipre. É, Chipre mesmo. Aquela ilha.

- Obrigada, mas eu não preciso de protocolo, eu só gostaria de saber a respeito de torpedos internacionais.
- A senhora poderia, por gentileza, anotar o número?
- Mas eu só quero saber...
- Eu JÁ entendi o que a senhora gostaria de saber.
- Ótimo, então me diga. Antes que eu precise mesmo de um protocolo pra reclamar de mau-atendimento.
- A Claro tem que ter feito acordo com alguma operadora do país para onde a senhora deve enviar o torpedo para que a pessoa receba. Sem isso, a mensagem não vai mesmo. Pra onde a senhora gostaria de enviar?
- Pro Chipre.
- ... (silêncio)
- Mas ligação não tem problema nenhum, né?
- É, ligação a senhora faz normalmente. Pra onde a senhora gostaria de ligar?
- Pro Chipre.
- Onde?
- Chipre.
- Quê?
- Chipre. Ali perto da Turquia.
- Ah, então é Turquia o país?
- Não, o país é Chipre. Você pode só confirmar se o código do país que tenho aqui é o correto?
- Chipre, né? Mas é com ch mesmo?

¬¬

---

Acordei com a pálpebra do olho direito inchada e dolorida: terçol na área. Eu uso lentes de contato, então sou muito cuidadosa (a.k.a. neurótica) com a região dos olhos. Preferi ir à oftalmo pra ter certeza do remédio correto. Antes de ir, li toda a sorte de informações na internet a respeito do tratamento do terçol: esfregar uma aliança de casada sobre o inchaço (WTF?), pedir que uma grávida assopre (????????) e aquecer bem o local com compressas bem quentes. Compressas quentes? Só isso?

Chego na médica e ela diagnostica:

- É terçol.
(OH REALLY?)
E continuou:
- Isso aí vai sumir em uns 3 dias, mas até lá o inchaço vai aumentar e pode produzir pus.
(MARAVILHA... Então eu vou ficar parecendo o Rocky Balboa, só que com apenas um olho inchado e, além de tudo, com pus. EW)
E continuou:
- Pra tratar, não tome nenhum remédio e nem precisa passar nenhuma pomada.
(PÂNICO: será que ela vai me mandar esfregar uma aliança? Porque né, se não passo pomada e nem tomo remédio, o que eu faço? Acho uma grávida na rua pra ela assoprar meu olho? EW)
E continuou:
- Você vai fazer algo bem simples: compressas bem quentes sobre o inchaço.
- Ah, apenas compressas quentes?
- Isso. Não quentes. BEM quentes.

E a internet, hein? Tava certa.

¬¬

8 comentários:

Natalia disse...

hahahahaha é por isso que volta e meia eu entro aqui! são comédia dimais suas histórias negam!
eu quase não comento, mas eu to sempre por aqui morrendo de rir da sua falta de paciência e bom humor! eu adorei o regata PLUS colar de côco! nota 10! hahahahahaha

ah sim! aqui é a naty! (de vez em quando é bom se identificar né...se bem que é irado aquelas coisas de fã anônimo néam? que começam a comentar assim como quem não quer nada, e viram tipo um maníaco psicopata que sabe tudo sobre sua vida...wow!) hehehehe
então nega e depois temos que combinar baladnheenhas hein? beiju!!!

Xianey disse...

quando eu era criança, minha mãe passava a aliança dela no meu olho quando eu tinha terçol. Mas tinha q ser aliança grossa. Ae ela esquentava a aliança na roupa, ficava lá esfregando pra cima e pra baixo pra ficar bem quente e passava no meu olho. Sei lá, sempre deu certo :P

Chu disse...

Naty, que bom, você por aqui! Você me acha impaciente? Como assim? Eu sou um poço de tolerância!
Fia, nem me fale em psicopata que acha que sabe tudo de sua vida. Tenho trauma, já aconteceu comigo. Um dia a gente sai pra beber e eu te conto, tenho uns casos (sim, no plural) escabrosos. Por isso eu adoro quem se identifica, haha! Nesse finde eu ainda estou ocupada com minha visita (ui), mas no outro, é nóe. Saudade!

Crisão, o lance da aliança faz sentido num ponto: é uma aliança aquecida, e pra tratar terçol você tem mesmo que aplicar coisas quentes. Existe um princípio científico nessa crendice. O problema é que o povo acha que o lance tá na aliança, quando na verdade está na temperatura. E a minha avó benzia terçol. E o troço melhorava. :-OOOO

Srta.T disse...

Se você for macho feito eu faz assim: quando aparecer o pontinho de pus (eeewww), pega uma agulha e fura. Aí faz compressa quente. A meleca sai toda e seus kizolïos ficam lïmdos de novo!

Ariett disse...

Então, eu acredito mais na internet do que nos meus professores da USP. Sério. Outro dia, um deles contou uma história bizarra sobre o surgimento da palavra hambúrguer e eu, definitivamente, prefiro as versões que eu encontrei pesquisando no google.

Chu disse...

Ai, jemt, meu comentário sumiu. Pregs de reescrever. Vai resumo:

Palita, eu sou macho pa caralho, mas o terçol sumiu só com as compressas.

Ariett, eu acredito no google como o senhor definitivo de todas as respostas do mundo.

Felipe disse...

Topica:

- Google is G'd e os nerds do MIT são seus profetas.
- Se atentente de telemarketing soubesse onde é o Chipre, eles dariam aula de geografia para o ensino médio.
- Hamburger é um tipo de poupourri de carne moída frita ou assada em banha quente orginária de [pasme] Hamburgo, New York state. Curiosamente, o setup do prato (a carne no pão com batata ao lado) é inspirado no tipo de pratos servidos na Alemanha (em Hamburgo?), mas no caso era sempre carne de porco ou salsichas das mais variadas sortes.
Hamburger também é um sobrenome judeu, apesar de hamburger não ser nadinha kosher.

Chu disse...

Amore, já encontrei professores de Inglês (na rede pública) que não falavam Inglês. Então talvez, pra ser professor de Geografia não haja necessidade de saber sobre o Chipre. Porque né, [ironia] ilhota meio turca meio grega meio moçarela, muito confusa e pequena pra merecer atenção [/ironia].

Tanto sobre hamburger me deu fome.