quinta-feira, 26 de agosto de 2010

I pretend I'm deaf.

Eu ouvi. Umas duas vezes. Na terceira eu fiz uma leve e discreta correção, mas, ainda assim, a pessoa cometeu o mesmo erro. E ela é professora!

Ela: - What I pretend to do with my students...
Eu: - What?
Ela: - What I pretend to do...
Eu: - Oh, sorry. What do you INTEND to do?
Ela: - I pretend to play a game.

E eu sigo pretending que não ouvi, né. Porque não vou criar inimizades assim, no terceiro dia de curso.

Mas a partir de que dia pode começar a criar inimizades?

Porque "about do", "pretend" e "eu só sou boa dando aulas para nível avançado" saídos da boca de uma mesma cerumana é um pouco too much pra mim.

9 comentários:

Livia disse...

Mas Chu, pelo contexto ela não tá errada, né? Ela 'pretend to be a teacher', e de nível avançado, ou não?? É tudo pretense.

termocolantes disse...

Ahahaha super secundado o comentário acima: she pretends to be a teacher... ahahhaha

Carolina disse...

Canta Elvis pra ela. Na Renascença, quando eu tinha aulas de inglês no colégio funcionou, até hoje uso "pretend" direitinho.
:)

http://www.youtube.com/watch?v=hA0L8h4RR2Y

leleca disse...

Me lembrou imediatamente dessa tirinha aqui:

http://liberland.blogspot.com/2010/08/na-aula-de-ingles.html

;D

Fernanda disse...

pergunta se ela não pretend to get another job, porque como professora de inglês tá difícil, viu.

Caco disse...

hahahahahahaha
sensacional!

Renata disse...

hahahaha acho que tá liberado criar inimizades

Soraya disse...

Ah, já pode fazer inimizade, sim... amizade é que você não vai querer com a "cerumana", né? hahaha

bjomeliga disse...

Eu gosto de criar inimizades o quanto antes, que é pra economizar tempo e não apostar em cavalo morto.