domingo, 1 de abril de 2007

Testosterona no ar


Gerard Butler, o Leônidas de "300".

Eu adoro filmes de guerra, sangue, luta, testosterona na telona, etc e etc. Vocês acham isso muito masculino? Coisa de homem? Tá, meu bem. Vá assistir a esse filme e depois a gente conversa. Não se trata apenas do corpo perfeito: a cena em que ele dá um pega geral na rainha é sublime. Porque quando eu escrevo "pega" eu quero dizer que ele PEGA MÊMO HEIN. Lógico que existe toda a magia dele ser um rei forte, másculo, honrado, homem que bate o pau na mesa e luta pelo que acredita até o fim; mas que ama, é bom, é... enfim, é muita coisa. Eu admiro personagens assim. Personagens, né, meu povo. Porque na vida real, ainda não existe não.

E olha que eu nem gosto de homem muito forte. Mas Gerard... Ai, Gerard... Ai...

Um comentário:

Suzana disse...

Roubou meu post, maldita! Era tudo que eu ia dizer de 300. Loucura, heim? Os trezentos. Lá em casa, viu.