sábado, 23 de fevereiro de 2008

Juno

Lindo, sensível, ácido. Juno é a adolescente que eu gostaria de ter sido, tirando a parte da gravidez. I'm in love e quero o pôster pra colocar na parede de casa.

6 comentários:

Srta.T disse...

Não é uma graça! Vi ontem, pretendo escrever sobre amanhã!

Patricia Scarpin disse...

Ai! Eu sonhei a noite toda com o filme sem nem mesmo tê-lo visto ainda.

Lorde David disse...

Ainda bem que só levou o Oscar de melhor roteiro original. Ainda bem.

Chu disse...

Talita, é uma graça sim! Diálogos excelentes, atuações idem.

Patrícia, explique isso! Você nem vê o filme e sonha com ele? Sonhou que era a Juno? :-)

David, sinceramente, não fiz muita questão de ver os outros indicados. E, mais sinceramente ainda, o Oscar não me afetou muito esse ano - pode brigar comigo, mas os filmes me pareceram muito mala. Provavelmente verei alguns dos ganhadores, mas porque gosto de cinema, e não porque foram ou não nomeados. E Juno, no MEU ponto de vista, é um puta filme, com um puta roteiro e uma atuação impecável por parte da Ellen Page.

Patricia Scarpin disse...

Sonhei que estava vendo o filme, olha que doideira. :)
Umas cenas que tinha visto num comercial de TV, se misturavam com imagens minhas comentando o filme com alguém que não me lembro quem era. E olha que nem tinha bebido na noite anterior. :)

Chu disse...

Patrícia, pelo menos você sonhou com Juno. Imagine se fosse algum filme bizarro, tipo Chuck ou o filme da Britney Spears...