sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Wonder Years


Winnie Cooper nunca me deixa só. Se vou para a cozinha, ela me segue. Se fico na sala, ela fica em meu colo. E se estou usando o computador, ela fica nos meus pés ou faz graça em cima da mesa: sobe e fica me olhando com essa cara de Gato de Botas do Shrek. Fala se essa foto não causa sérios ataques de ternurinha?


Ao lado de Winnie, "O amor nos tempos do cólera". Eu venho ensaiando pra falar sobre o Gabriel García Márquez aqui. É o terceiro livro dele que leio em um mês e pouco. A partir daí vocês percebem o FUROR - ou seja, quando eu começar a falar sobre ele, não vou parar mais. Gabo me emociona.

8 comentários:

Lorde David disse...

Eu, ao contrário, nunca consegui ler nada do Gabo. Acho que tenho implicância com autores ganhadores do Nobel, com exceção do Faulkner, do Hemingway, do Eliot e do Camus.

Alê disse...

Amo gatos! A primeira coisa que vou fazer quando me mudar vai ser adotar um. E a Winnie é linda!
Quanto ao Gabriel García Márquez, dos livros dele que li até agora "O Amor Nos Tempos do Cólera" é meu preferido.
Beijo.

lilla disse...

gato de botas do shrek?

cara, nessa foto ela tá com cara de quem vai te atacar!
sim, eu tenho um lance de medo com gatos.

gisele disse...

Que gatinho lindo. Minha gata faz cara de meiga, mas ela me morde toda hora. Seu blog é muito bacana. :-)

hunnybunny disse...

ela ronrrona fazendo essa carinha???

Anna Carolina disse...

como são expressivos esses animais! tenho três, theo, jullie e juan. coisas fofas, menos o theo, que é maligno.

tati perolada disse...

linda! eu também tenho dois encostos peludos: a Salomé e a Benedita, e a gente se ama muito.
as duas têm um carinho especial pela minha filha e vice-versa, é muito fofo.

~*Vica*~ disse...

AAAH, que linda a tua gata!!!! Linda, linda!! Adoro gatos assim, mais "guai" impossível, e nem por isso menos charmosos!
Eu também me emociono com o Gabo. Beijos.